Home Seções Piscinas Planejando a construção da piscina no Inverso – Kisol Piscinas Francisco Beltrão
Piscinas - 14 de agosto de 2023

Planejando a construção da piscina no Inverso – Kisol Piscinas Francisco Beltrão

Em pleno inverno Especialista destaca a importância de planejar a construção da piscina para aproveitar o verão

Mesmo durante o inverno, muitas pessoas já começam a pensar em projetar e construir suas piscinas para aproveitar o verão. Segundo Tamara Ribeiro, arquiteta e sócia da Kisol Piscinas, empresa sediada em Francisco Beltrão, essa é uma das melhores épocas para organizar e mexer no espaço destinado à piscina, garantindo um planejamento adequado e tempo para uma execução de qualidade.

Além dos aspectos financeiros, é fundamental considerar a disponibilidade de mão de obra especializada e até mesmo contar com a colaboração de “São Pedro”. É que no inverno, as chuvas são mais espaçadas e a precipitação é menor, o que favorece a realização da obra.
Antes de iniciar a limpeza do terreno, é recomendável contratar um arquiteto para projetar o espaço da piscina, pois ele encontrará a melhor solução para atender aos desejos do cliente.

A construção da piscina requer uma equipe especializada, e mesmo que o cliente não participe ativamente da obra, é importante acompanhar o processo para entender como a piscina está sendo construída.

Com o projeto definido e os equipamentos necessários escolhidos para o bom funcionamento da piscina, é feita uma verificação do terreno para determinar o método construtivo adequado. Em seguida, a obra é iniciada.

O passo a passo da obra
A equipe entra no terreno para realizar a limpeza da área, verificando a necessidade de demolir construções, remover árvores e deixar o espaço livre para marcar o terreno, permitindo que a escavadeira inicie a abertura do buraco.

Durante essa etapa, é recomendável que o pedreiro acompanhe de perto, conferindo os níveis e
evitando que o buraco seja aberto maior do que o necessário. Após concluir a escavação, o pedreiro faz o requadramento, alinhando manualmente as paredes e o fundo do buraco para deixá-los o mais reto possível e corrigir quaisquer desníveis, garantindo uma base uniforme para a piscina.

Com o buraco nivelado, dá-se início à construção, montando a estrutura com ferragens do radier e instalando a tubulação do fundo, que será concretada juntamente com a base. Um cuidado importante nessa etapa é realizar o desempeno do piso após a concretagem, deixando o fundo da piscina liso.

Em seguida, levantam-se as paredes de acordo com o método construtivo escolhido, seja com blocos ou paredes maciças.
É essencial garantir que o levantamento seja feito no prumo, evitando a necessidade de correções no reboco, que se torna espesso demais e pode resultar em descolamento.

Chega então o momento de passar a tubulação, que é encanada até a casa de máquinas. A quantidade de furos e conexões na tubulação é definida de acordo com os equipamentos escolhidos para o funcionamento da piscina, como cascata, borda infinita, aquecimento solar, trocador de calor, iluminação em LED, gerador de cloro, air blower, entre outros.

Após a passagem da tubulação aterra-se todo o entorno da piscina, traz o ponto de esgoto até a casa de maquinas, o eletricista traz um ponto exclusivo para a casa de maquinas e assim que compactado o aterro faz o contra-piso para seguir com a instalação do revestimento.

Caso seja de revestimento cerâmico é necessário, tampar todos os tubos dentro da piscina e fazer o teste de estanqueidade após a impermeabilização, este teste detecta qualquer vazamento possibilitando a correção sem gastos futuros.
Após a aprovação do teste, segue-se para o processo de pastilhamento e instalação dos equipamentos necessários.
Finalmente, a piscina é introduzida com água, pronta para ser desfrutada.

No caso de revestimento em vinil ou PVC tramado, não é necessária a impermeabilização, pois o próprio revestimento garante a estanqueidade da água.
Os equipamentos da casa de máquinas são montados, a piscina é inundada com água e é hora de relaxar e aproveitar o novo espaço.
Segundo Tamara Ribeiro, seguir essas etapas e contar com profissionais capacitados é essencial para garantir uma obra bem executada e uma piscina de qualidade. Com um planejamento adequado, é possível aproveitar o verão desde o início e aproveitar momentos de lazer e diversão em um ambiente personalizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Tratador de Piscina Moisés Cuiabá MT

1- O que levou a entrar na profissão de tratador de piscina? Conte um pouco de sua históri…