Home Seções Entrevistas Tratador de Piscina – Roger – Ribeirão das Neves MG
Entrevistas - 14 de agosto de 2023

Tratador de Piscina – Roger – Ribeirão das Neves MG

Roger 31 7529-1528 @rogerpiscinas Ribeirão das Neves MG

1- O que levou a entrar na profissão de tratador de piscina? Conte um pouco de sua história.
Resp: Então, apesar de ter trabalhado em outros ramos e ter um amor particular pela área musical, eu cresci acompanhando meu pai em sua profissão de limpador de piscina. Ele me chamou para trabalhar junto com ele, e eu sai de um emprego no ramo da marcenaria para aceitar então esse desafio proposto pelo meu pai de aprender na prática sua profissão, e com isso também buscar minha
independência financeira e futuramente profissional, e assim iniciei no ramo de limpeza e manutenção de piscinas.

2. Costuma participar de algum curso, live etc?
Resp: Costumo participar de cursos periodicamente onlines e com frequência participo das lives da Genco e HTH, temos que nos manter sempre atualizados devido ao avanço na produção de produtos, bem como a chegada de novos métodos de limpeza e sempre considerando o avanço tecnológico que todas as áreas profissionais vem passando.
Estudar, aprender, renovar e sempre praticar o melhor para nossos clientes.

3. Piscina de vinil, fibra ou alvenaria, existe diferença no tratamento? nos explique?
Resp: Bom, não existe uma diferença significante no tratamento delas, apenas deve-se tomar certos cuidados, um exemplo é que a piscina de fibra e vinil se os produtos (em especial o cloro) não forem diluídos corretamente para sua aplicação poderá ocorrer das mesmas apresentarem manchas.

4. Quais as marcas de produtos que mais costuma utilizar? E quando surge um produto novo, costuma experimentar?
Resp: As marcas que temos o costume de utilizar são: GENCO, HTH, HIDROALL. Porém, não nos privamos de experimentar novas marcas, mas prezamos pela qualidade dos produtos para servir bem os nossos clientes e isso passa por realizar testes das novas marcas também.

5. Conte algum caso interessante que já encontrou?
Resp: Um caso interessante aconteceu quando realizávamos a limpeza/manutenção de uma piscina em um clube, a título de curiosidade a mesma tinha as seguintes medidas: 50m x 25m x 1,30 = 1.600m³ (1.600.000 litros de água), como exposto o tamanho da mesma era consideravelmente grande, e esse trabalho era realizado pela madrugada, o local era grande e o segurança geralmente ficava na portaria monitorando e realizava algumas rondas. Um dia ao entrar na casa de máquinas escutei um barulho como se a piscinas estivesse sendo usada, e pensei: mas como assim? naquela hora? e corri de pronto para ver o que eram aqueles barulhos que claramente pareciam de pessoas mergulhando na piscina, lógico estava assustado naquele momento pensando em pegar a moto e correr para portaria, porem, ao chegar na piscina o único que ser que estava nadando na mesma era um pequeno ratinho que curiosamente apareceu após os barulhos, depois daquele dia não ouvi mais barulhos daquele tipo parecidos com mergulhos, mas, bichinhos continuavam a praticar por lá o seu lazer noturno.

6- Tem piscinas que trata com tratador de UV, Ozônio ou mesmo gerador de cloro? Caso positivo nos conte.
Resp: Sim. Com o gerador de cloro, coloco o sal na água e o mesmo é transformado em cloro pelo próprio gerador é bastante interessante, mas não são todos os clientes que possui.

7. De seu recado, suas observações finais.
Resp: A profissão de piscineiro tem suas dificuldades e impercalços, e é muito desvalorizado, temos enfrentado grandes aumentos nos produtos necessários para limpeza e manutenção, em contra ponto, encontramos dificuldades em realizar os reajustes nas mensalidades cobradas dos clientes que acontecem no início de cada ano. Ainda existem pessoas que não entendem os gastos que temos além de nossa mão de obra, e por outro lado encontramos pessoas que nos acolhem, com educação, gentileza e carinho, e é isso que nos ajuda a seguirmos em frente nessa profissão.
Gostaríamos que houvesse melhor entendimento sobre a necessidade de limpezas bem feitas, com bons produtos e realizadas periodicamente, não é somente por nosso trabalho mas, pela saúde da água e o combate ao mosquito percursor da dengue e de outras doenças. No mais deixamos uma dica aos que estão iniciando ou pretendem trabalhar nessa área, trabalhem com amor, valorizem o serviço de vocês, trabalhem com preços justos e sem prejudicar o seu “colega” de profissão, cremos que sempre haverá espaço para um bom profissional. Gratidão pela oportunidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Tratador de Piscina Moisés Cuiabá MT

1- O que levou a entrar na profissão de tratador de piscina? Conte um pouco de sua históri…