Home Seções Saúde e Lazer Afinal, piscina é lazer ou saúde?
Saúde e Lazer - 30 de novembro de 2022

Afinal, piscina é lazer ou saúde?

Em nossas colunas anteriores, discorremos muito sobre a nossa profissão, colocamos dados de nossas consultorias, proporcionamos orientações comerciais, administrativas, operacionais, estratégicas… Hoje, nessa última edição do ano, vamos abordar outro prisma do mesmo assunto, similar ao que se passa no famoso filme “Ponto de Vista”.

Verão chegando e o brasileiro pós-eleições, pós-copa do mundo acordou e lembrou que passou da hora de
pensar nas festas de final de ano, nas férias. Hora de recompor as famílias e amizades que foram abaladas por política e por mais incrível que possa parecer, por futebol, influenciado também pela polarização política.

Buscar uma casa de praia ou campo? Passar no clube ou viajar? Em todas as opções, em quase a totalidade, existe um grande atrativo, a piscina. Nossos corpos são compostos em 70% de água e estar na água nos encanta e muito nos agrada. Tem quem não goste, mas um churrasco com os amigos, parentes na beira da piscina, com som moderado
(o estilo fica ao cargo do grupo, eu curto um bom rock), é tudo de bom.
Ressaltando aqui o meu amplo repúdio a toda e qualquer “brincadeira besta”, irresponsável de jogar, saltar de locais impróprios, empurrar os outros na piscina, que podem causar sérios acidentes de condições irreversíveis e acabar com o passeio de todos. Mas devemos pensar nisso em sentido mais amplo. Não somente na figura do lazer, mas também na parte da saúde. Afinal, como podemos compor esse prazer? Unir a questão de cuidarmos dos nossos corpos como prazer da água, em pleno verão no hemisfério sul.

Em diversas idades, em qualquer época do ano, a natação é uma das atividades esportivas mais recomendadas, mas também podemos agregar a hidro ginástica, biribol, zumba e diversas outras atividades saudáveis em piscinas.

A água possui um grau de resistência 12 vezes maior que o ar e com muito menos impacto, com menor ou quase nenhuma agressão às nossas articulações, proporciona um favorecimento ao fortalecimento muscular, queima de calorias e consequentemente, auxilia na perda de peso. Necessário sempre deixar bem claro que toda e qualquer atividade esportiva deve ser acompanhada por especialistas, deve-se buscar exames preventivos e preferencialmente um profissional esportivo para que possa desenvolver o melhor e mais adequado tipo de treinamento ao seu físico e condições físicas.

Outros benefícios atribuídos às atividades aquáticas em piscinas, são a melhora do sono, redução da ansiedade, diminuição do estresse, maior autocontrole, melhoria do sistema cardiorrespiratório…

Agora Tarso, pergunto: Onde podemos então praticar tais atividades que nos proporcionam tanto benefício?
Como nossa revista além da forma digital, também é distribuída fisicamente para todo o país, temos que entender que há diversas realidades e condições. Há pessoas que tem a possibilidade de ter sua própria piscina, outras possuem amigos, parentes que podem ceder o espaço ou então podem frequentar academias, clubes sociais, associações de classe ou Centros Desportivos públicos. Em todas essas situações, devemos sempre levar em conta a qualidade e tratamento adequado da água e estrutura do ambiente. Como já abordamos em artigos anteriores, em determinadas regiões do país é necessário o aquecimento da água em boa parte do ano e isso pode ser solucionado com formas de aquecimento provenientes de energia solar, gás encanado ou gás de botijões. Em todas as opções, há formas modernas e empresariais de redução dos custos e incentivos.

Nossas publicações têm apresentado ao público em geral, tecnologias e avanços para melhorar, baratear e inovar na construção e manutenção de piscinas. Então venho aqui pedir um “biscoito”, como dizem os mais jovens.
Ao frequentar uma piscina de clube, academia, associação e verificar que as condições não estão do seu agrado, sejam de conservação, de qualidade da água, temperatura ou quaisquer outras situações, busque o responsável e
entregue nossa revista ou lhe passe o nosso link, assim certamente ele poderá verificar todas as opções para a melhoria e conservação da piscina.

 

Tarso Gouveia tem longa
experiência na área da Saúde,
é Administrador de Empresas, com Pós em Gestão
Empresarial. Superintendente Comercial do INACON Saúde, atua em Consultoria empresarial e organizacional. Ocupa o
cargo de vice-presidente da
S.E. Palmeiras atuando
junto aos Consulados,
ações esportivas, educacionais e sociais por todo país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Tratador de Piscina Moisés Cuiabá MT

1- O que levou a entrar na profissão de tratador de piscina? Conte um pouco de sua históri…