Home Seções Marketing / Comunicação / Vendas Saúde financeira de empresas Pontos Importantes – por Wilson Nakamura
Marketing / Comunicação / Vendas - 8 de junho de 2023

Saúde financeira de empresas Pontos Importantes – por Wilson Nakamura

Professor e pesquisador na área de finanças pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Doutor e Mestre em Administração pela FEA-USP

Qualquer empresa, seja ela de grande ou de pequeno porte, precisa cuidar das suas finanças, desde quando ela foi fundada e ao longo do seu processo de crescimento e evolução. Uma empresa bem administrada financeiramente tem maiores chances de garantir a sua perenidade e, mais do que isso, conseguem crescer os seus negócios e atingir um patamar mais elevado de rentabilidade e competitividade.

Neste breve texto, talvez valha a pena destacar alguns pontos importantes que garantem uma boa saúde financeira para empresas em geral.

Em primeiro lugar, convém destacar a importância da contabilidade para empresas que já atingiram um determinado porte e nível de faturamento.
A contabilidade é uma atividade que registra todas as transações de uma empresa e gera informações importantes sobre a sua estrutura patrimonial e sobre os seus resultados.
Por exemplo, através da contabilidade conseguimos acompanhar ao longo do tempo se a empresa vem mantendo uma boa condição financeira, que significa ter uma boa liquidez e um nível adequado de endividamento.

As empresas precisam investir e gastar de acordo com as suas possibilidades. Elas não podem se dar ao luxo de não conseguir pagar quaisquer das suas obrigações. Por exemplo, é inadmissível que a empresa não consiga pagar os salários de seus funcionários nas datas combinadas.
Quanto ao endividamento, as empresas podem sim, recorrer a empréstimos e financiamentos junto ao mercado, porém desde que essas dívidas não excedam um certo patamar considerado razoável. Como uma regra geral, entendemos que a empresa possa tomar dívidas junto a bancos e outros tipos de instituições desde que não exceda o patamar de 2 vezes o que a empresa gera de resultado operacional a cada ano.
Por exemplo, uma empresa que tem uma receita anual de R$ 10.000.000,00 e consegue gerar um resultado operacional de
R$ 4.000.000,00, não deveria tomar dívidas bancárias que ultrapassem o valor de R$ 8.000.000,00.
Para garantir uma boa saúde financeira é fundamental que a empresa não gaste, ao longo do tempo, mais do que ela arrecada. Na verdade, mais do que isso, é altamente desejável que a empresa sempre trabalhe com lucro, o que significa ter uma despesa mensal e anual que seja suficientemente inferior à sua receita. É importante destacar que a empresa tem, normalmente, pelo menos dois tipos de despesas:
Despesas operacionais e Despesas financeiras.
O nível de receita alcançado ao longo dos meses não pode ser, na média, inferior ao somatório desses dois tipos de despesa.

Para garantir que sempre haja lucro nas atividades da empresa, é muito importante que os gastos sejam devidamente acompanhados e controlados. Para que isso aconteça, não dá muito trabalho elaborar anualmente aquilo que é chamado de orçamento empresarial.

O que é o orçamento?

Para ficar claro, orçamento é uma previsão de quanto
que a empresa vai gerar de receita e quanto vai incorrer de despesa a cada mês e ao longo do ano todo.
É importante destacar que essa previsão não é um mero exercício de futurologia. Deve corresponder a estimativas realistas e que podem ser alcançadas no curso normal de desenvolvimento dos negócios.

Para ficar claro, é preciso entender que, uma vez elaborado o orçamento da empresa, mês a mês, ao longo do ano seguinte, é feito um acompanhamento bem rigoroso do cumprimento daquilo que for orçado, e se houver alguma variação negativa, a mesma deve ser bem entendida e medidas corretivas devem ser tomadas.

Bem, acreditamos que com essas colocações conseguimos passar algumas ideias importantes sobre como garantir que uma empresa possa ter uma boa saúde financeira. Pelo menos, podemos afirmar, que a consideração do que acabamos de explicar é já um bom ponto de partida para que a empresa tenha um curso normal nas suas atividades, sem grandes preocupações ou dificuldades.

 

Professor e pesquisador na área de finanças pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Doutor e Mestre em
Administração pela FEA-USP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Ed Abril 24 preview

Para ler acesse o link em azul abaixo Piscinas o Portal Abril/24 visualização rápida, cliq…